Páginas

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Quando soa a melodia - Brian 06


O vento estrelava a chuva contra as janelas da casa da rua Kilgore. A tormenta tinha começado no dia anterior com a força de um furacão tropical e o frio de uma tempestade de neve de pleno inverno. Brian Quinn olhava a rua alagada da janela da habitação, no segundo andar, com a frente pega ao cristal.
Sabia que o Incrível Quinn era um navio seguro e que tinha suportado tormentas muito piores que aquela, mas não podia evitar estar preocupado. Seamus Quinn era um capitão estupendo, não necessitava que o guarda-costeira lhe prognosticasse o tempo. Pressentia-o, cheirava-o no ar e o adivinhava nas nuvens. Mas o Incrível Quinn estava demorando. E Brian notava a tensão do Conor, Dylan também estava inquieto...



A pesca tinha sido malote durante o verão e o Incrível Quinn se viu obrigado a prolongar a temporada e entrar mais e mais no mar em busca de peixes espada. Mas o tempo se estava voltando imprevisível. antes de partir, Conor tinha tratado de convencer a seu pai para que se dirigisse ao sul, tal como faziam tantos pescadores em outono e inverno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá Querida leitora (o), este espaço é pra você nos dizer o que pensa do livro, do autor e do blog, cuidado com Spoiler e ofensas, no mais tudo pode... bjs

Nosso Banner