Páginas

terça-feira, 15 de maio de 2012

O Lado escuro da Lua 09

Os Dark Hunters são leais a Artemisa. Os Were Hunters só são leais a sua pátria. Pode-se ser ambas as coisas ao mesmo tempo? O que acontece quando dois mundos tão distintos se fundem em um só? E, o melhor de tudo, o que acontece quando a mulher que te salvou e da que muito possivelmente esteja apaixonado, te tem alergia?
O código de um caçador escuro é morrer com honra. O código pessoal do Ravyn é que ninguém toma aquilo que lhe é mais prezado. Mas na noite em que morreu, esses dois códigos entraram em conflito, e Ravyn escolheu seu próprio caminho. Alie-se com ele e pagará por isso. 
Ravyn está acostumado a levar o cabelo comprido, mas é muito conhecida sua mania de prendê-lo quando espreita aos Daimons e Katagaria. Move-se na estreita linha que separa os dois mundos e não é aceito em nenhum deles. Sensual e distante, evita as relações de qualquer tipo, à exceção das físicas.





A diferença de outros caçadores escuros, ele não goza do benefício de ter sobrevivido aos de sua espécie. De fato, seu pai e seus irmãos menores vivem muito perto dele, embora devido às leis dos caçadores, jamais se relacionem. Para não mencionar o fato que seu pai não só lhe denunciou frente aos seus por converter-se em um Dark Hunter, mas, além disso, o repudiou. É considerado como um “exoristos”, o que impede que qualquer membro de seu clã pronuncie até mesmo seu nome.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá Querida leitora (o), este espaço é pra você nos dizer o que pensa do livro, do autor e do blog, cuidado com Spoiler e ofensas, no mais tudo pode... bjs

Nosso Banner