Páginas

terça-feira, 15 de maio de 2012

O Pomar - Memorias de Ryssa 15.1

Hoje estivemos no pomar. Para dizer a verdade, passamos toda manhã ali, rindo e provando as deliciosas frutas do jardineiro.  O jardim estava lindo. Pacífico. As folhas eram de um impressionante verde acentuado pelas vermelhas e douradas maçãs que explodiam em um doce e suculento sabor. Até mesmo os velhos muros de pedra estavam tranqüilos, cobertos por vinhas que floresciam.
Não é de se estranhar que Acheron o prefere a qualquer outro lugar do palácio. O ar primaveril era fresco e cálido, poderia passar horas vendo a forma em que Acheron desfruta das coisas mais simples, como a sensação do sol em sua pele. A relva abaixo de seus pés descalços...




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá Querida leitora (o), este espaço é pra você nos dizer o que pensa do livro, do autor e do blog, cuidado com Spoiler e ofensas, no mais tudo pode... bjs

Nosso Banner