Páginas

terça-feira, 15 de maio de 2012

Jogos Perigosos 02


Dez anos antes 
Clint McIntyre, vinte e cinco anos. Um Navy SEAL. Um macho completamente crescido, sensual, dominante. Ele era um homem cujos outros homens olhavam com respeito. Um homem que havia crescido com a confiança no poder. Ele não era mais uma criança lutando para esconder o abuso que havia sofrido. Ele era um homem que não tolerava nada menos do que o melhor de si mesmo e dos homens que lutavam ao seu lado dele. 
Mas era um homem que quase tinha ficado de joelhos uma noite ao ver uma pequena e jovem Lolita  vestida com uma saia curta, uma fina blusa azul, e sapatos de salto alto. O cabelo castanho escuro fluindo ao redor do corpo com uma multidão de cachos, e olhos cinza faiscando de para ele com uma sugestão de riso e interesse. Interesse demais...


Ele era um homem crescido, ciente de sua sexualidade, seus gostos, e suas fomes. Até mesmo considerar as pulsações que se moviam nele por causa da proximidade era um crime. Um que ele se recusava a permitir dar asas. 
Ela era a irmã de seu melhor amigo. Ela era a melhora amiga de sua irmã. E ela seria a ruína de sua existência. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá Querida leitora (o), este espaço é pra você nos dizer o que pensa do livro, do autor e do blog, cuidado com Spoiler e ofensas, no mais tudo pode... bjs

Nosso Banner