Páginas

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Micah 13


Era a meio da madrugada quando o telefone tocou. Ele quebrou o primeiro sonho da noite em mil pedaços porque eu não conseguia sequer lembrar o que o sonho tinha sido aproximadamente. Acordei ofegante e confusa, dormindo o tempo suficiente para me sentir pior, mas não descansar.
Nathaniel gemia ao meu lado, resmungando: "Que horas são?"
A voz de Micah veio do outro lado da cama, com a voz baixa e gutural, espessa, com sono. "Cedo".


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá Querida leitora (o), este espaço é pra você nos dizer o que pensa do livro, do autor e do blog, cuidado com Spoiler e ofensas, no mais tudo pode... bjs

Nosso Banner