Páginas

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Valente vento Selvagem (2)


Quando Chase se negou a casar-se com ela, 
Jessie jurou fazê-lo sofrer de todos os jeitos a seu alcance. 
Mas ele não era um homem disposto a ser o brinquedo de alguém. 
A formosa Jessie era capaz de dirigir qualquer homem que lhe aproximasse, 
assim como era capaz de administrar as terras herdadas de seu pai assassinado. 
Mas Chase conseguiu encaminhá-la para a frustração e a ira.




Quando os azares da fortuna o levaram a percorrer meio mundo, compreendeu quão vazio era tudo sem ela. E aquela moça que em seus braços soube ser mulher e conheceu por fim qual era o caminho que seu coração lhe mostrava.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá Querida leitora (o), este espaço é pra você nos dizer o que pensa do livro, do autor e do blog, cuidado com Spoiler e ofensas, no mais tudo pode... bjs

Nosso Banner