Páginas

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Herança de Fogo 01


Ele estaria no bar, é claro. Onde mais um homem inteligente se esquentaria em uma fria tarde? Certamente não em casa, na própria lareira.Não, Tom Concannon era um homem inteligente, Maggie pensou, e não estaria em casa. O pai dela estaria no bar, entre os amigos e risadas. Ele era um homem que amava rir, e chorar e sonhar sonhos impossíveis. Um homem tolo, alguns poderiam dizer. Mas não Maggie, nunca Maggie.
Quando ela fez a ultima curva na estrada que conduzia a aldeia de Kilmihil, ela não viu uma alma na rua. Não era de se estranhar já que passava um pouco da hora do almoço e o vento gelado que soprava do Atlântico como o cão de caça do Hades, não tornava o dia convidativo a passeios. A costa ocidental da Irlanda tremeu sob isso e sonhou com a primavera.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá Querida leitora (o), este espaço é pra você nos dizer o que pensa do livro, do autor e do blog, cuidado com Spoiler e ofensas, no mais tudo pode... bjs

Nosso Banner