Páginas

sábado, 26 de maio de 2012

Em nome da Honra 03


UMA MULHER DECIDIDA A LUTAR PELA LIBERDADE...
Os que a viram elegantemente vestida nos bailes, nos braço de seu marido, não imaginam a autêntica Anne: criada na liberdade das Highlands, esta ruiva decidida e valente passou metade da vida competindo com seus primos, e é capaz de cavalgar, disparar e beber como qualquer rude montanhês. Seu sangue escocês a impulsa a aceitar a petição dos clãs de liderar a rebelião contra os ingleses, apesar do perigo. Isso significaria trair ao homem  que ama, embora freqüentemente
Anne se pergunte se esse amor é realmente correspondido, se houver um canto da alma de Angus  que ela não tem acesso...





...UM HOMEM CONDENADO AO PAPEL DE TRAIDOR
Angus viveu muito tempo fora da Escócia. Possivelmente por isso adotou o papel de traidor, negociando com os ingleses em vez de levantar-se em armas contra eles. Pode agüentar o desprezo de seus compatriotas, mas que resiste ver como se afasta dele a mulher a que ama desesperada-mente. O torvelinho da guerra, a volta de um antigo pretendente e, sobre tudo, seus próprios silêncios, parecem condená-lo a perder  Anne definitivamente. Entretanto, chega um momento em que Angus deverá deixar de lado todos seus disfarces para salvar da morte à mulher que ama... se é que chegará a tempo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá Querida leitora (o), este espaço é pra você nos dizer o que pensa do livro, do autor e do blog, cuidado com Spoiler e ofensas, no mais tudo pode... bjs

Nosso Banner