Páginas

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Terna e Rebelde 02

Ela era uma deliciosa herdeira escocesa e o matrimônio seria a única forma de encontrar segurança: devia proteger-se da maldade de um primo e a ambição de caçadores de fortunas que cobiçavam sua beleza ruiva e seu enorme patrimônio. Ele representava tudo aquilo contra o qual a tinham prevenido: era um aventureiro inglês, avassalador e belo, cujos olhos azuis prometiam todo tipo de prazeres.  Ela queria atrever-se a amá-lo... acreditar em suas promessas apaixonadas... ir atrás do sonho encantado...


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá Querida leitora (o), este espaço é pra você nos dizer o que pensa do livro, do autor e do blog, cuidado com Spoiler e ofensas, no mais tudo pode... bjs

Nosso Banner