Páginas

segunda-feira, 23 de abril de 2012

O Marques e a Cigana 06


"Seguindo a tradição, a família Mallory estava para celebrar o Natal na antiga mansão de Haverston, quando encontram um enigmático presente de  remetente desconhecido. Delicadamente embrulhadas, as páginas de um velho diário, aguardavam para revelar a desconhecida e indomada paixão, entre o primeiro marquês de Haverston e uma bela cigana. É a história dos bisavôs Christopher e Anastasia Malory .




A história dos primeiros Mallorys, relata como o marquês conhece uma formosa cigana que viajava com sua avó e um grupo de ciganos itinerantes. Quando a avó percebe que vai morrer recomenda à formosa Anastasia procurar um homem que não seja cigano, e que permaneça com ele, para assim evitar um matrimônio com o filho do chefe do grupo cigano, que é um homem cruel. Então, ela decide seduzir Christopher para que se case com ela.
Christopher Malory imediatamente se fixa na beleza da jovem cigana. Levado pela paixão e o estado de embriagez, acaba se casando com ela com o único propósito de levá-la para a cama.
Mas quando Christopher percebe o alcance de seus atos, sente-se horrorizado e sua jovem esposa parte para Londres.
Anastasia, com a ajuda de um amigo de sua avó, Sir William,  representará o papel da sobrinha dele. E com sua ajuda se tornará a sensação da temporada.
Christopher tem a maior surpresa de sua vida ao encontrar a bela cigana entre uma das debutantes com mais êxito e rodeada de uma multidão de pretendentes. O ciúmes não demora a aparecer, fazendo com que Christopher se dê conta de seus verdadeiros sentimentos e que não deve fazer caso às convenções da época."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá Querida leitora (o), este espaço é pra você nos dizer o que pensa do livro, do autor e do blog, cuidado com Spoiler e ofensas, no mais tudo pode... bjs

Nosso Banner