Páginas

domingo, 4 de março de 2012

O Lobo de Ravencliffe


Um sombrio destino. Enquanto a carruagem adentrava a costa da Cornualha, Sara avistou o final de sua viagem: a mansão de Ravencliff. A partir daquele momento esse seria seu lar. Não podia acreditar como mudou sua vida nos últimos dias: passou de ser uma reclusa na prisão para devedores de Fleet para transformar-se na esposa do barão de Ravencliff. Mas, que espécie de homem a resgatou da prisão, casando-se com ela por procuração sem tê-la visto nenhuma vez antes? Sem dúvida se tratava de um homem frio e distante...



Alguém desventurado que mantinha sua casa em um estado de lúgubre decadência e com as cortinas fechadas. É obvio, Sara teria aceitado o pedido do próprio diabo para sair de sua cela, assim estava resignada ao seu destino.
Então conheceu seu marido, que tinha o cabelo negro como a noite e um arrebatador e formoso rosto, e toda sua segurança desapareceu. Que estranha maldição tinha caído sobre o barão Nicholas Walraven e que segredos escondia? Que estranha sorte a tinha levado até aquele lugar? De onde procedia a estranha criatura com aspecto de lobo que acampava pela mansão e aterrorizava seus habitantes, e que aparecia sempre de improviso?

Um comentário:

  1. Simplesmente maravilhoso.rs,rs
    Eu amei este livro e a Sara foi uma das mocinhas mais sortudas que eu tive o prazer de ler.rs,rs
    Beijos...
    Boa Leitura!!!

    ResponderExcluir

Olá Querida leitora (o), este espaço é pra você nos dizer o que pensa do livro, do autor e do blog, cuidado com Spoiler e ofensas, no mais tudo pode... bjs

Nosso Banner