Páginas

domingo, 4 de março de 2012

Flores na Tempestade


Christian era um dos homens mais brilhantes e sedutores da alta sociedade inglesa. Um libertino que despertava paixões avassaladoras até que um trágico ataque o condena a um mundo de silêncio, sombras e de loucura. Christian perde a capacidade de falar e a família coloca-o num sanatório, crente de que perdeu a razão. 
Maddy, de nascimento modesto e com uma alma simples e generosa, fica presa a este homem que lhe desperta sensações novas.



Um homem que oscila entre a raiva e a frustração de estar preso ao silêncio, que a repele, mas que necessita da sua atenção e do seu carinho para o tirar daquele tormento solitário. A amizade que nasce entre os dois transforma-se num amor arrebatador. Fonte de necessidade, desejo … e de uma paixão redentora.

2 comentários:

  1. Este é para quem ama livros grandes. Eu li ele em livro de papel.rs,rs
    Nossa o que o mocinho sofreu minha mãe de Deus.
    A mocinha foi do mais querida que possa imaginar simplesmente maravilhoso.
    Obrigado Rose e Morticia pela excelente escolha.
    Beijos...
    Boa Leitura!!!

    ResponderExcluir
  2. Este livro mexe com instinto materno de qualquer uma kkkkkkkkkkkkkkkkk, mocinho e lindo, forte, alto e...necessitado, realmente nunca tive tanta pena, mas ainda bem que ele arrumou uma alma "caridosa" haahhaha até eu hahahah

    ResponderExcluir

Olá Querida leitora (o), este espaço é pra você nos dizer o que pensa do livro, do autor e do blog, cuidado com Spoiler e ofensas, no mais tudo pode... bjs

Nosso Banner